01 / 01

ÁFRICA DO SUL
Capitais
: Executiva (Pretória), Legislativa (Cidade do Cabo) e Judiciária (Bloemfontein).
População: 55.6 milhões
Línguas: Inglês, Zulu, Xhosa, Suázi, Ndebele, SeSotho do Sul, SeSotho do Norte, Tsonga, Tswana, Venda e Afrikaans.
Religiões: Cristianismo, Islamismo

A exploração mineral é uma das principais atividades econômicas da África do Sul. Minérios como carvão mineral, manganês, ferro, cobre, platina, diamante, ouro e urânio são riquezas fundamentais para o desenvolvimento industrial. A energia elétrica também é fonte de receita, impulsionada pelo rio Orange. O extrativismo mineral e a produção agropecuária somam forças ao turismo e fazem da África do Sul um polo econômico na África.

CABO VERDE
Capital: Cidade de Praia
População:  539.560
Línguas: Português (oficial), Crioulo
Religião: Cristianismo

O arquipélago formado por 10 ilhas tem a agricultura como uma de suas principais atividades. Milho, feijão, banana, cana-de-açúcar, frutos tropicais, feijão, batata doce e mandioca são os alimentos mais cultivados. O setor industrial tem a fabricação de aguardente, rum, vestuário, calçados, máquinas e equipamentos elétricos como suas principais atividades. O turismo é um importante fator que estimula o crescimento desta economia.

COSTA DO MARFIM
Capital:
Abdijan capital econômica, Yamoussoukro capital política
População: 16,7 milhões
Línguas: Francês
Religião: Crenças tradicionais

Atualmente, cerca de 60 grupos étnicos estão distribuídos pelo país. Este fato gera muita diversidade cultural para suas atividades internas.
Café, cacau, algodão, abacaxi e banana são os produtos mais cultivados do país.  A agricultura é o setor que mais  gera exportações e empregos. A Costa do Marfim tem grande quantidade de exportação de óleo de palma e de algodão. Borracha, copra (polpa seca do coco) e açúcar também têm grande importância em sua balança comercial.

EGITO
Capital: Cairo
População: 89 milhões
Línguas: Árabe moderno
Religião: Islamismo

O terceiro país mais populoso da África, tem mais de 90% de sua população vivendo às margens do Rio Nilo e na costa do Mar Mediterrâneo. O Nilo é a principal fonte de vida e de trabalho, garantindo o abastecimento de água, energia elétrica e possibilitando o desenvolvimento da atividade agrícola. Os principais cultivos são: arroz, trigo, algodão e milho. A indústria alimentícia, têxtil e do refino de petróleo são potências egípcias. Outra atividade econômica de grande relevância é o turismo.

ETIÓPIA
Capital: Adis-Abeba
População:  82.825 milhões
Línguas: Amárico (oficial), inglês, línguas regionais
Religião: Cristianismo

A Etiópia vem surpreendendo os economistas por consolidar um boom econômico na última década, alcançando suas metas de desenvolvimento. Alguns profissionais passaram a chamar o país de Leão Africano, fazendo menção ao sucesso dos tigres econômicos da Ásia. A agropecuária é sua principal fonte de receita, com rebanhos bovinos, grande produção de cana-de-açúcar, sementes oleaginosas, feijão e, principalmente, café; um grande produto de exportação.

MARROCOS
Capital: Rabat
População:  33,5 milhões
Línguas: Árabe
Religião: Islamismo

A economia do Marrocos tem em sua base atividades agrícolas, como: trigo, cevada, beterraba, frutas cítricas, tomate, batata, algodão e cana-de-açúcar. O ramo das indústrias mineradoras também são destaque com a exploração do Fosfato e do carvão.

Produtos alimentícios, têxteis, artigos de couro e adubos, além do setor de serviços também constituem a receita do país. Outra atividade significante para os marroquinos é o turismo.

MOÇAMBIQUE
Capital: Maputo
População: 27.9 milhões
Línguas: Português (Oficial), Emakhuwa, Xitsonga, Xinhiyao, Xisena, Xindau, Xichona, Echuawabo, Xinyanja, Xironga, Ximaconde, Xinyungue, Xichope, XiBitonga, Swahili e outras.
Religião: Cristianismo

Os grandes investimentos de Moçambique são destinados a agroindústria, agricultura, turismo, pesca e mineração. O país abriga grandes reservas de petróleo, gás natural, carvão, ouro, bauxita e outros minérios e também usa a energia hidroelétrica, exportação de madeira e produtos relacionados à pesca como suporte à economia. Suas principais exportações são: camarões, algodão, caju, açúcar e chá.

NAMÍBIA
Capital: Windhoek
População: 2.2 milhões
Línguas: Inglês, africâner, alemão, línguas regionais
Religião: Cristianismo 

Os pilares da economia da Namíbia são: mineração, pesca, turismo e agricultura. O turismo é o setor que mais cresce no país e a agricultura impulsiona o maior número de empregos. O cultivo de milho, a riqueza mineral com recursos como diamante, urânio, cobre e ouro são recorrentes. O extenso litoral faz da pesca uma grande aliada para exportações.

NIGÉRIA
Capital: Abuja
População:  178.7 milhões
Línguas: Inglês como oficial, além de outros como Haussá, Ibo e Ioruba
Religião: Cristianismo

Os nigerianos têm grande produção agropecuária, principalmente no cultivo de cacau, café, amendoim, banana e azeite de dendê. A exploração mineral também fortalece a economia do país, sendo o petróleo o principal recurso de exportação, correspondendo a 80% da receita nacional. Outras atividades do parque industrial nigeriano são: bebidas, fumo, equipamentos de transporte e automóveis, produtos químicos, têxteis e alimentos.

REPÚBLICA DA ANGOLA
Capital: Luanda
População: 26.5 milhões
Línguas: Português, Umbundu, Kimbundu, Kikongo
Religião: Cristianismo 

“O fim da guerra civil em 2002 permitiu um crescimento exponencial da economia angolana. O país arrancou para um novo ciclo marcado por um forte crescimento econômico, sustentado principalmente pelo aumento das receitas associadas ao petróleo, reconstrução de infraestruturas e realojamento de milhões de pessoas deslocadas.” Agricultura e construção civil também são setores em crescimento na economia angolana.

REALIZAÇÃO
africano
SECRETARIA EXECUTIVA
mci_logo
Tasa_eventos-01
ORGANIZAÇÃO
feafro
ecowas
preta_nascimento
APOIO
Angola_flag
Cabo-Verde_flag
Namíbia_flag
Egito_flag
Moçambique_flag
Marrocos_flag
Etiópia
costa-do-marfim
África-do-Sul
zimbabue_flag
Nigéria
prefeitura_sp
saopaulo_turismo
saopaulo_convention
bernatur
penaafrica
victoria_models
abih
PARCEIROS
centro_cultural
julio_de_campos
palmares
metro
afribraz
ministerio_cultura
faap
futura
museu_imigracao
addh
globo

Receba todas as novidades
do African Week!